Categorias
Dicas de arquitetos Dicas de decoração simples Dicas do consultor Dicas do Design de interiores

Como calcular a quantidade certa de tinta e evitar desperdício

Quando vamos construir ou reformar, uma das maiores dúvidas que temos é em relação à quantidade de materiais. Principalmente com as tintas, pela diversidade de marcas, modelos, durabilidades e rendimentos, fazer essa conta não é tarefa simples. Confira algumas dicas para não errar na hora de calcular a quantidade certa de tinta para reformar o seu ambiente.

Veja como aproveitar sobras de tinta e não desperdiçar – Seleções Brasil

1 – Avalie o tamanho da área que está pintando:

Com a ajuda de um amigo, faça as medidas da altura e largura da área que irá pintar e, em seguida, multiplique os resultados para calcular a medida de metros quadrados geral.

2 – Subtraia a área das portas e janelas:

Do resultado do cálculo da primeira dica, subtraia as medidas das portas e janelas. Siga a mesma fórmula para calcular (altura x largura) de cada item e subtraia do somatório geral.

3 – Multiplique a nova medida pelo número de demãos:

Após subtrair as portas e janelas, multiplique o resultado pelo número de demãos que você irá utilizar. A recomendação mínima é de duas demãos, mas você pode aplicar mais. Inclua também uma sobra de tinta para pequenos retoques

4 – Confira o rendimento na lata da tinta:

Divida o número que você obteve no seu lar e divida pelo rendimento em m²/l que vem impresso na lata da tinta ou no site da fabricante, na sessão de informações sobre o produto. Esse número será a quantidade de litros de tinta que você precisa para o seu projeto.

5 – Atente-se à qualidade da tinta:

Quando a tinta é de maior qualidade, com um menor número de demãos você chega a um resultado satisfatório.

Com as nossas dicas, você não irá errar na hora de comprar a quantidade certa para o seu projeto. Se ainda tiver dúvida, passe na Acal mais próxima e procure os consultores especializados em tintas, eles com certeza lhe darão todo o auxílio necessário!